Política

João Mádison diz que Marcelo Castro está sofrendo discriminação

" Ele é um nordestino e ao falar que o país estava perdendo a guerra, só falou como nós nordestinos entendemos", declarou o parlamentar.

BÁRBARA RODRIGUES
DO GP1

O deputado estadual João Mádison (PMDB) afirmou ao GP1 que acredita que o ministro da Saúde, Marcelo Castro (PMDB) está sofrendo discriminação por ser nordestino e que não vê nenhum problema em suas declarações.

Marcelo Castro tem sido destaque na mídia nacional por ter declarado que o Brasil está perdendo a guerra para o mosquito aedes aegypti. Para João Mádison, não há motivo de polêmica na declaração do ministro.

Imagem: Lucas Dias/GP1João Madison(Imagem:Lucas Dias/GP1)João Madison
“Eu não vi nenhum problema. Acho que o Marcelo está sendo vítima de discriminação. Ele é um nordestino e ao falar que o país estava perdendo a guerra, só falou como nós nordestinos entendemos. Ele só quis conscientizar as pessoas, por isso falou daquele jeito. A imprensa do sul pegou essa declaração e levou isso de outra maneira. Eu acredito que o Marcelo está fazendo um bom trabalho dentro das condições atuais”, declarou.

Segundo a Folha de São Paulo,o ministro estaria perdendo as condições políticas de permanecer no cargoem razão de suas declarações polêmicas. O deputado estadual não acredita que Marcelo pode sair do cargo devido as suas declarações.
Imagem: Lucas Dias/GP1Marcelo Castro(Imagem:Lucas Dias/GP1)Marcelo Castro
“Não vejo isso. Ele está fazendo um bom trabalho e não vejo como isso [a declaração] pode prejudicar [seu cargo]”, afirmou o deputado que também não acredita que essa situação estaria prejudicando o PMDB. “O PMDB é um partido muito unido e estamos apoiando o Marcelo. Eu particularmente não votei na Dilma, mas estou apoiando o Marcelo”, finalizou o deputado.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB