Brasil

Joesley diz ter feito planos para contar ‘traquinagens’ a esposa

Em gravação, executivo traçou estratégia para contar a Ticiana Villas Boas sobre delação da JBS.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Em parte da conversa gravada entre dos delatores da JBS, entregues à Procuradoria-Geral da República (PGR), nesta semana, o empresário Joesley Batista conta ao colega Ricardo Saud a sua preocupação em contar para a esposa, a apresentadora Ticiana Villas Boas, sobre o acordo de delação premiada.

  • Foto: Ayrton Vignola/Estadão ConteúdoJoesley BatistaJoesley Batista

“Eu estou aqui pensando, rapaz, sabe o quê? A Tici [Ticiane], que é uma mulher inteligente, é diferente da Cris. Se eu tivesse com a Cris eu não ia ter problema nenhum. Mas você já imaginou a Tici, quando eu tiver que contar para ela as minhas traquinagens? Porque eu vou ter que contar. Tipo, uns dez minutos antes de sair no Jornal Nacional vou ter que chamar e falar ‘olha, amor, tenho que te contar, vai rolar um negócio aí no Jornal Nacional’...”, diz Joesley ao colega.

“Sabe aqueles amigos nossos?”, encena o executivo.

“Tudo picareta, tudo vagabundo”, completa Saud, entrando na brincadeira.

Joesley conta que bolou uma estratégia para contar para a esposa sobre a delação: fingir que quer a separação.

“Eu já tenho a história pronta. Eu vou começar no dia, de manhã cedo. Eu vou acordar dizendo assim ‘quero me separar’. Nós vamos passar o dia em crise. ‘Quero separar’. ‘Não, eu te amo’. ‘Eu quero separar, eu não te mereço’. Aí vai... ‘Eu não te mereço, eu não sou o homem certo para você’. Aí quando ela jurar que me ama e tal eu vou falar: ‘Então, hoje à noite o Willian Bonner vai dar uma notícia’...”, conta Joesley.

A delação do empresário Joesley e dos executivos da JBS veio à público no dia 17 de maio, quando foi divulgada a gravação que o empresário fez com o presidente da República, Michel Temer (PMDB).

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB