Política

Justiça abre ação contra Léo Pinheiro e Vaccari em São Paulo

Léo Pinheiro e João Vaccari Neto já foram condenados na Operação Lava Jato e atualmente estão presos no Paraná.

DEISE KESSLER

Nessa sexta-feira (14), a juíza Maria Priscilla Ernandes, da 4ª Vara Criminal de São Paulo, aceitou a denúncia do Ministério Público de São Paulo contra o empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, o ex-tesoureiro do PT e ex-presidente da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop), João Vaccari Neto, e mais 10 investigados.

De acordo com o Estadão, Léo Pinheiro é acusado de associação criminosa e estelionato. Já João Vaccari, é acusado de associação criminosa, falsidade ideológica, estelionato e violação à Lei do Condomínio. Os dois já foram condenados na Lava Jato e atualmente estão presos no Paraná.

  • Foto: Werther Santana/ Estadão ConteúdoLéo PinheiroLéo Pinheiro sendo conduzido por agentes da PF

Segundo as investigações, inicialmente, a denúncia também envolvia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a sua esposa, Marisa Letícia, o filho do casal, Fábio Luiz Lula da Silva e o triplex 164-A no Solaris, no Guarujá (SP). No entanto, em março, a juíza mandou as acusações e o pedido de prisão de Lula para o juiz Sérgio Moro, que é responsável pelas ações da Lava Jato.

Após abrir ação penal contra Léo Pinheiro, João Vaccari e mais 10 investigados, a juíza determinou que foram “excluídas deste processo as acusações contra Marisa Letícia Lula da Silva, Luiz Inácio Lula da Silva e Fábio Luiz Lula da Silva, ante a decisão da 13ª Vara Federal de Curitiba”, disse.


Link do texto:

Justiça abre ação contra Léo Pinheiro e Vaccari em São Paulo
http://www.gp1.com.br/noticias/justica-abre-acao-contra-leo-pinheiro-e-vaccari-em-sao-paulo-402845.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.