Brasil

Ministro Edson Fachin manda prender Joesley Batista e Ricardo Saud

A pedido da PGR, ministro do STF autorizou prisão temporária dos dois delatores da J&F.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Edson Fachin, autorizou a prisão temporária dos delatores da J&F Joesley Batista e Ricardo Saud. A decisão foi tomada após pedido apresentado na última sexta-feira (08), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Rodrigo Janot havia pedido ainda, a prisão do ex-procurador da República, Marcelo Miller, mas o ministro do STF não autorizou a prisão. De acordo com informações do G1, as prisões de Joesley e Saud podem ocorrer ao longo do dia ou nesta segunda-feira (11).

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoJoesley Batista e Ricardo SaudJoesley Batista e Ricardo Saud

A prisão dos delatores foi autorizada porque eles são suspeitos de omitir informações dos investigadores, o que quebra cláusulas do acordo. Já no caso de Miller, a suspeita é que ele teve uma conduta criminosa ao atuar para a J&F enquanto ainda integrava o Ministério Público.

Marcelo Miller se desligou da carreira de procurador em abril deste ano, mas, napolêmica gravação entre Joesley e Saud, os dois delatores sugerem que o ex-auxiliar de Janot auxiliou os executivos do grupo empresarial a negociarem os termos da delação premiada com a PGR.

MAIS NA WEB