Mundo

Papa Francisco diz que será muito sincero em encontro com Trump

O encontro entre os dois está marcado para acontecer no dia 24 deste mês, no Vaticano.

SUYNARA OLIVEIRA

- atualizado

Nesse sábado (13), o Papa Francisco disse que será “muito sincero” com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no encontro entre os dois, que está marcado para acontecer no dia 24 deste mês, no Vaticano. Essa será a primeira vez que eles vão se reunir. A afirmação do papa foi feita ao se referir às diferenças de posições em temas como imigração, refugiados e mudanças climáticas.

De acordo com a Veja, Francisco afirmou ainda que vai deixar Trump expor as suas posições e seus argumentos antes fazer qualquer julgamento sobre o presidente americano. “Mesmo quando alguém pensa diferente, nós temos que ser muito sinceros em relação ao que cada um pensa a respeito de um assunto”, disse o pontífice.

  • Foto: Maurizio Brambati/France Presse/AFPPapa Francisco e Donald TrumpPapa Francisco e Donald Trump

O papa foi questionado sobre as propostas de Trump sobre imigração e a promessa de erguer um muro na fronteira dos Estados Unidos com o México para barrar a entrada de imigrantes do país vizinho, que foram feitas durante a campanha eleitoral, e disse que uma pessoa com tais ideais não era um cristão.

Mesmo assim, o pontífice disse que vai procurar formar consensos com Trump. “Sempre existem portas que não estão fechadas. Nós temos que encontrar as portas que estão parcialmente abertas, entrar e conversamos sobre coisas que temos em comum. E ir adiante, passo a passo”, disse o Papa Francisco sobre o que pretende fazer.


MAIS NA WEB