Mundo

Papa vai canonizar crianças pastoras de Fátima em 13 de maio

Canonização de Jacinta e Francisco Martos marcará o centenário da aparição da Virgem Maria em Portugal.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O Papa Francisco anunciou nesta quinta-feira (20), que canonizará em 13 de maio duas das três crianças pastoras que afirmaram ter presenciado aparições da Virgem Maria em Fátima, em Portugal, no ano de 1917. O milagre é reconhecido pela Igreja Católica.

A canonização de Jacinta e Francisco Martos marcará o centenário da aparição. De acordo com informações do G1, o Papa viajará nos dias 12 e 13 de maio a Fátima para a cerimônia de canonização.  Francisco (1908-1919) e Jacinta Marto (1910-1920), que com sua prima Lúcia, que foi freira e morreu em 2005, foram os protagonistas das aparições em Cova da Iria. Eles foram beatificados em 13 de maio de 2000 por João Paulo 2º, em Fátima.

As três crianças portuguesas asseguraram terem sido testemunhas das aparições de Nossa Senhora, que revelou os chamados três segredos de Fátima, divulgados por Lúcia.  O processo de beatificação foi aberto pelo Papa Bento 16, em 2008.

  • Foto: AFPProcissão em Fátima, PortugalProcissão em Fátima, Portugal

O primeiro segredo para a canonização era a morte prematura de duas das crianças, e o segundo falava sobre o final da Primeira Guerra Mundial, o início da Segunda e o fim do comunismo. A terceira parte, foi revelada durante a última viagem de João Paulo II à Fátima, em 13 de maio de 2000, para beatificar Jacinta e Francisco. O segredo previa o assassinato de um "bispo vestido de branco" enquanto atravessava uma grande cidade, o que a Igreja considera uma profecia do atentado sofrido por João Paulo 2º em 1981, quando foi baleado pelo terrorista turco Ali Agca.

Mais conteúdo sobre: