Mundo

Princesa japonesa abre mão da realeza para se casar com plebeu

Segundo a tradição local dita, ao oficializar a união, a princesa automaticamente perderá sua condição de membro da Família Real e também será considerada plebeia.

SUYNARA OLIVEIRA

- atualizado

A princesa do Japão, Mako de Akishino, de 25 anos, irá abrir mão do seu título de nobreza para se casar com um plebeu. A neta do imperador Akihito de Akishino deverá oficializar a união no próximo ano com Kei Komuro, 25 anos, um antigo colega de universidade.

Os dois de conheceram há cerca de cinco anos durante uma festa em um restaurante e se apaixonaram. Segundo a emissora japonesa NHK, o casal estudou na Universidade Internacional Cristã em Tóquio.

A agência de notícias do Império confirmou a união oficialmente e divulgou também que Komuro trabalha em um escritório de advocacia. Segundo a imprensa local, a princesa já apresentou seu noivo aos pais, que teriam aprovado o casamento.

  • Foto: Issei Kato/ReutersPrincesa Mako de AkishitoPrincesa Mako de Akishino

De acordo com a Veja, a tradição local dita ,que ao oficializar a união, a princesa automaticamente perderá sua condição de membro da Família Real e também será considerada plebeia.

O pai e o irmão mais novo de Mako integram a linha de sucessão para ocupar o posto de imperador. Antes deles, vem o seu tio, o príncipe Nahurito, que é o primeiro da fila. Mako, no entanto, nunca ocuparia o trono por ser mulher.

Diferentemente da Inglaterra, a Família Real do Japão se mantém discreta, embora participe de muitos oficiais. A princesa Mako terminou os estudos superiores em 2010 e fez um mestrado em artes na Europa.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB