Política

Themístocles descarta realizar convenção extraordinária no PMDB

“Isso não precisa. Uma convenção extraordinária não dita as regras de nenhum partido", disse Themístocles.

GERMANA CHAVES

- atualizado

Ao que tudo indica o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Sampaio Filho (PMDB) não está disposto a realizar a convenção extraordinária sugerida pelo presidente do Conselho Nacional do Sesi, o ex-ministro João Henrique de Almeida Sousa. O pedido do ex-ministro era consultar a opinião da maioria dos 480 delegados peemedebistas quanto ao destino da sigla no pleito de 2018.

Ao GP1, Themístocles chegou a afirmar que “convenção extraordinária” não vai ditar as regras que deverão ser adotadas e que portanto, “acredito que [a convenção] não será feita".

  • Foto: Lucas Dias/GP1Themístocles FilhoThemístocles Filho

“Isso não precisa. Uma convenção extraordinária não dita as regras de nenhum partido. O que tem que ser feito é na convenção de acordo com estatuto de cada partido. Por isso, acredito que não será feita [a convenção extraordinária]”, disse o peemedebista. Vale ressaltar que na semana passada, assim que o ex-ministro sugeriu a consulta, Themístocles chegou a considerar a possibilidade.

João Henrique é contra a aliança do PMDB com o Governo Wellington Dias (PT) e, por isso, tem defendido que a sigla lance candidato próprio no próximo ano. Ele, inclusive, tem se colocado como alternativa para disputa de governador do Estado.