Fechar
GP1

Educação física escolar tem que ser duas vezes semanal

Frequência é essencial para garantir que as crianças adquiram o hábito da prática regular de atividades.

A Educação Física escolar desempenha um papel crucial no desenvolvimento das crianças, não apenas em termos de saúde física, mas também no que diz respeito ao desenvolvimento social, emocional e cognitivo. A implementação de aulas de Educação Física com uma frequência de duas vezes por semana é essencial para garantir que as crianças adquiram o hábito da prática regular de atividades físicas ou esportes desde cedo.

Primeiramente, a prática regular de atividades físicas na infância ajuda a estabelecer uma base sólida para um estilo de vida saudável na vida adulta. Quando as crianças são expostas a exercícios físicos e esportes de forma regular, elas tendem a desenvolver uma percepção positiva sobre a atividade física, reconhecendo seus benefícios para a saúde e o bem-estar. Isso aumenta a probabilidade de que essas crianças mantenham esses hábitos ao longo da vida, reduzindo o risco de doenças crônicas como obesidade, diabetes e problemas cardíacos.

Foto: Divulgação/AscomProfessor Demóstenes afirma que uma criança ativa fisicamente certamente será um adulto também ativo
Professor Demóstenes afirma que uma criança ativa fisicamente certamente será um adulto também ativo

A socialização também é um aspecto importante da Educação Física. As aulas oferecem oportunidades para que as crianças interajam com seus colegas em um ambiente cooperativo e de equipe, promovendo valores como trabalho em equipe, respeito mútuo e disciplina. Essas interações são essenciais para o desenvolvimento emocional e social, preparando as crianças para lidar com diferentes situações na vida adulta.

Ademais, a Educação Física escolar contribui para a melhora da concentração e do desempenho acadêmico. Estudos mostram que crianças que participam regularmente de atividades físicas tendem a apresentar melhores resultados escolares. A atividade física ajuda a liberar endorfinas, que são hormônios associados ao bem-estar e ao alívio do estresse, o que pode melhorar o humor e a disposição das crianças para aprender.


Portanto, a implementação de aulas de Educação Física duas vezes por semana na escola é fundamental para o desenvolvimento integral das crianças. É nesta fase inicial que se formam os hábitos que perdurarão pela vida adulta, e uma criança fisicamente ativa tem maiores chances de se tornar um adulto ativo e saudável. Investir na Educação Física escolar é investir na saúde e no futuro das nossas crianças.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.