Blog Opinião
GP1

O senador Mão Santa, orgulho do Piauí! Por Lavonério Francisco


(*) Por Lavonério Francisco

O senador Mão Santa em discurso na tribuna do Senado Federal no dia 29 de junho de 2009, afirmou que: "No Piauí nem tudo é desgraça", e de forma clara e simples, defendeu a grandeza do povo piauiense, como um gigante, de luz própria.

Nos olhos do parlamentar, refletem o brilho, de um guerreiro no campo de batalha, que incansável luta com fervor na arena política nacional. Assim, os piauienses devem aplaudir a franqueza, a espontaneidade, a coragem e a energia, de sua fala e dos seus atos.

Utiliza cotidianamente, no plenário do Senado Federal, a expressão: "O Meu Estado do Piauí", numa demonstração de carinho e respeito aos seus conterrâneos, e também de profunda identidade com as suas origens.

Como um revolucionário usando palavras apropriadas ao momento político, açoita a ignorância, dos que não conseguem visualizar os rumos dos acontecimentos políticos do país. O homem e a política, num entrelaço eterno, da tribuna do Senado Federal, engrandece o povo piauiense, que representa com dignidade.

Sempre presente nas grandes discussões da política brasileira, denuncia os desmandos na administração pública do governo Federal e do Estado do Piauí, porém, com firmeza mostra ao Brasil, que em seu Estado, não existe somente tragédias e mazelas, porém em tom de exaltação, consegue o respeito e a admiração para o Piauí.

A ironia política do senador, talvez muitas vezes incompreendida por seus pares, e usando citações de passagem da Bíblia e do pensamento de grandes homens que fizeram a história do país e da humanidade como: Rui Barbosa, Graciliano Ramos, Simon Bolívar, São Francisco de Assis, e o grande orador romano Cícero, entre outros..., demonstra o elevado nível cultural do parlamentar.

Com brilho e altivez, como um cavalheiro que busca a fé e a esperança na política partidária, com maestria defende os interesses do povo piauiense. O Piauí dignificado pela voz de seu representante maior no Senado Federal haverá de nunca ser esquecido, e assim dias melhores virão, em que a desgraça possa se transformar em graça abençoada.

O campo minado da política exige muita sabedoria e coragem, e o senador Mão Santa, parece ser detentor desses dois grandes adjetivos, que o qualifica como o maior representante da política piauiense em Brasília na atualidade. Que a sua voz, seja ouvida pela população que representa e como um sopro de esperança, possa contribuir para a transformação da realidade social em seu Estado.

Portanto, como as águas do rio Parnaíba, as palavras usadas pelo senador, que enaltecem o Estado do Piauí e seu povo, haverão de transbordar, e encher corações e mentes daqueles que esperam ver um Piauí diferente, com cidadania para todos.

(*) Lavonério Francisco de Lima é escritor

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.