Blog Opinião
GP1

O poder de Lílian: É, na verdade, uma das articuladoras na construção do futuro governo


Deputada, esposa, primeira-dama, provável secretária. Há até uma certa dificuldade em colocar ordem nas atribuições dadas, ou melhor, conquistadas pela deputada Lílian Martins (PSB), diga-se de passagem, uma das mais atuantes da nova geração de parlamentares da Assembleia Legislativa do Piauí. Há apenas quatro anos na Assembleia, sete meses como primeira-dama e uma campanha eleitoral para o governo, Lílian se destacou entre os políticos que habitam em torno do governador Wilson Martins.

E, frise-se, nada a ver com o fato de ela ser esposa do governador. Os méritos devem-se sobretudo à firmeza de posição e à desenvoltura com que fala de política e, agora, das articulações em torno da futura administração do marido. Aliás, desenvoltura que lhe permitiu acrescentar mais uma atribuição ao currículo: a de porta-voz do governo. Intencional ou não, nos últimos meses, desde que assumiu o Executivo Estadual, Wilson Martins teve ao seu lado mais do que uma primeira-dama.

Foi a deputada Lílian Martins a pessoa escalada para falar pelo governador em momentos delicados, alguns bem difíceis. Nos últimos dias da campanha eleitoral, por exemplo, era ela quem aparecia nos canais de televisão para defender o governador, responder eventuais críticas dos adversários ou simplesmente para esclarecer algum fato não totalmente explicado pelo próprio governador e candidato.
Imagem: ReproduçãoDeputado Lilian Martins(Imagem:Reprodução)Deputado Lilian Martins
Não se sabe se por estratégia de marqueteiro ou não. Porque mais do que a deputada da base governista, portanto na função legítima de defender o governador e o grupo político ao qual pertence, o povo via ali também a mulher, a mãe e a esposa. Ou seja, precisava-se de alguém naquele momento para afagar o coração do eleitor. O certo é que Lílian cumpriu bem o seu papel político naquele momento.

Agora, governador reeleito, novamente ela aparece com destaque quando solicitada a se pronunciar sobre as articulações em torno da montagem do futuro governo e na composição da base governista na Assembleia Legislativa. É, na verdade, uma das articuladoras na construção do futuro governo. Tanto que já há muita gente tentando se encostar nela para ver se garante vaga no governo a partir de 1º de janeiro. Novamente, mérito todo dela.

*Zózimo Tavares é editor chefe do Jornal Diário do Povo

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.