GP1

Brasil

Vaza vídeo de conversa íntima entre desembargadores do TJ do Paraná

A conversa íntima aconteceu entre Paulo Edison de Macedo Pacheco e o desembargador Antônio Loyola.

Desembargadores do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) foram gravados, durante transmissão ao vivo de uma sessão da 1ª Câmara Criminal, na quinta-feira (25), em uma conversa íntima supostamente envolvendo mulheres. As informações são da Revista Oeste.

De acordo com o vídeo, a conversa iniciou com o presidente Paulo Edison de Macedo Pacheco cobrando o desembargador aposentado Antônio Loyola Vieira por ele não ter ido a um determinado local, sem citar o nome.

“Você é um tratante que ficou de ir lá na sexta e não foi”, disse o presidente. Loyola então respondeu que não pôde ir, mas tentaria estar presente no dia seguinte. Logo em seguida Pacheco diz que vai levar “as duas pra você ver, uma pra você e outra pro Xisto. A loira é do Xisto”.

De repente, ouve-se uma pessoa alertando o presidente que a sessão estava ao vivo. Xisto citado no vídeo é o desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, que também integra a 1ª Câmara Criminal do TJ-PR.

A conversa foi gravada e transmitida ao vivo pelo canal do TJ-PR no YouTube. Contudo, nesta sexta-feira (26), o vídeo já não estava mais disponível.

A assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça disse que o órgão está acompanhando o caso, mas não quis comentar o assunto. Em relação a participação de Antônio Loyola Vieira, a assessoria informou que ele não participou da sessão, apenas ingressou antes do seu início para rever os colegas.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.