Fechar
GP1

Brasil

Agência de viagens 123 milhas entra com pedido de recuperação judicial

O requerimento foi feito à 1ª Vara Empresarial da Comarca de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

A empresa de viagens 123 Milhas entrou com um pedido de recuperação judicial nesta terça-feira (29). O requerimento foi feito à 1ª Vara Empresarial da Comarca de Belo Horizonte, em Minas Gerais. O valor estabelecido foi de R$ 2,3 bilhões.

Segundo a empresa, o pedido foi protocolado devido aos fatores "internos e externos" que "impuseram um aumento considerável" à companhia nos últimos anos. A agência afirma também que usará a recuperação judicial para cumprir suas obrigações de "forma organizada".

Outras empresas também entraram com pedido de recuperação, sendo elas a Art Viagens, de suporte para emissão de passagens por milhas, e a Novum, holding que detém 100% do capital da agência de viagens.


Em um comunicado, a agência confirmou que protocolou o pedido e assegurou cumprir os compromissos assumidos com clientes, ex-colaboradores e fornecedores.

“A 123milhas informa que protocolou hoje (29/08) no Tribunal de Justiça de Minas Gerais um pedido de Recuperação Judicial. A medida tem como objetivo assegurar o cumprimento dos compromissos assumidos com clientes, ex-colaboradores e fornecedores. A Recuperação Judicial permitirá concentrar em um único juízo todos os valores devidos. A empresa avalia que, desta forma, chegará mais rapidamente a soluções com todos os credores para, progressivamente, reequilibrar sua situação financeira”, afirma a agência em comunicado à imprensa.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.