Fechar
GP1

Brasil

PF deflagra operação contra policiais militares da Bahia e Pernambuco

Os alvos da ação são suspeitos de venderem ilegalmente armas e munições para facções criminosas.

A Polícia Federal da Bahia deflagrou nesta terça-feira (21) a Operação Fogo Amigo. Os alvos da ação são policiais militares, além de comerciantes de armas e CACs (Colecionadores, Atiradores e Caçadores), com 20 mandados de prisão preventiva e 33 de busca e apreensão na Bahia, Pernambuco e Alagoas.

A ação teve 18 prisões e uma pessoa baleada no confronto com as forças de segurança. A operação foi deflagrada após as autoridades descobrirem um esquema multimilionário de venda ilegal de armas e munições para facções criminosas dos estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco.

Foto: Reprodução/ PFOperação Fogo Amigo
Operação Fogo Amigo

O confronto ocorreu no bairro São Gonçalo do Retiro, em Salvador, com a pessoa baleada sendo identificada como Diego do Carmo dos Santos. As investigações descobriram que ele fez 16 encomendas aos investigados durante um período de 16 meses.


A operação contou com mais de 300 policiais federais e grupos táticos da polícia militar, além de promotores do Gaeco da Bahia, de Pernambuco e do Exército. Segundo as investigações, os armamentos fornecidos pelos alvos eram utilizados em assaltos a carros fortes e instituições financeiras.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.