Fechar
GP1

Brasil

Ministério Público pede investigação do TCU após aumento de diárias para juízes

O pedido é do subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado, que afirmou que o aumento é "inconstitucional".

O Ministério Público entrou com uma solicitação no Tribunal de Contas da União (TCU) contra a resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que dobrou os valores e aumentou o limite de diárias em viagens nacionais para juízes e ministros por mês.

O pedido é do subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado, que afirmou que o “aumento é potencialmente nocivo aos cofres e interesse públicos”.

O subprocurador ainda argumentou que o CNJ não tem competência para aumentar os benefícios e vantagens a juízes por normativo próprio. Conforme o representante ministerial, o caso se trata de “flagrante inconstitucionalidade”.


A medida foi aprovada no fim de 2023 e ocasionou um efeito cascata nos tribunais superiores, que tem aumentado os salários dos magistrados em mais de R$ 10 mil mensais.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.