Reconexão com a Fonte ou Como superar as armadilhas do ego?

- atualizado

Desorientação, confusão e angústia são três dos principais sintomas que acometem meus pacientes. Viver sob a égide do Ego com ênfase na consecução de objetivos materiais traz à sociedade hodierna um alto grau de insatisfação e vazio, que não é preenchido por nenhuma conquista material.

Proponho aos meus pacientes e alunos a reconexão consigo mesmo, a redescoberta da Paz interior em harmonia com o Amor criador. Esta reconexão permite o alinhamento com a Fonte e o verdadeiro autoconhecimento.

O encontro consigo mesmo na dimensão do perdão, aceitação e gratidão resgata a nossa verdadeira essência e nos faz entrar em harmonia com tudo e com todos.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Anastácio Aguiar é Psicanalista, Hipnólogo e Terapeuta de vidas passadas e escreve a Coluna desde 2008.