Sri Prem Tata, o futuro de cada um; ou presente, uma ponte entre o passado e o porvir

- atualizado

Em uma linda tarde de primavera no reino, Tata e seu fiel discípulo caminhavam pelos belos bosques saboreando a sutil brisa vespertina que os convidava para mais um momento de ascese. O sinuoso córrego que insistia em acompanhar as passadas do mestre tornava o momento mais vivo e bucólico. Nessa agradável e singela moldura, o fiel escudeiro indagou o mestre da seguinte forma:

_ Mestre, temos recebido várias pessoas interessadas em prever o futuro, existiria alguma orientação para que possamos compreender melhor como se faz o porvir?

Tata, que havia parado próximo às margens do pequeno riacho, e o contemplava com rara afeição, asseverou:

_ Em verdade, o momento atual, que por mérito, chama-se presente, é tudo o que temos. O passado já não mais nos pertence e o futuro é uma fugaz incerteza. A forma como vivemos o nosso presente define e constrói as circunstâncias vindouras. A toda evidência, caso incorramos em equívoco ao não usufruir com sabedoria a dádiva divina do momento corrente, criaremos uma realidade adversa para nós mesmos, em outras palavras, às vezes, pode-se levar longos anos para se reconstruir um instante.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Anastácio Aguiar é Psicanalista, Hipnólogo e Terapeuta de vidas passadas e escreve a Coluna desde 2008.