Vereadora Jessica volta a ocupar tesouraria da Câmara em Miguel Leão

- atualizado

Não convidem para a mesma mesa, e até para o mesmo palanque eleitoral, o presidente da Câmara Municipal de Miguel Leão, Rositony Mendes Leal (PSD) e a vereadora Jessica Caroline Batista de Sousa (PTB).

O poder subiu à cabeça do presidente que resolveu passar a caneta e exonerar a vereadora do cargo de tesoureira da casa legislativa, num ato arbitrário e ilegal. Ocorre que a mesma foi eleita pelos seus pares para ocupar o cargo no biênio 2019/2020, não sendo passível de exoneração.

O desembargador Olímpio José Passos Galvão, do Tribunal de Justiça, acabou com a brincadeira e deferiu pedido liminar em agravo de instrumento, no dia 09 de abril, suspendendo a exoneração e determinado o retorno imediato da vereadora ao cargo.

  • Foto: DivulgaçãoNomeação da vereadora JessicaNomeação da vereadora Jessica

Jessica, não se fez de rogada e usou as redes sociais para afirmar que tentaram subestimá-la “com a prepotência, autoritarismo e arrogância de quem só pensa no poder e mais poder”.

Afirmou que agora pode voltar a exercer a tesouraria, fazendo valer a leis e fiscalizando o dinheiro publico.

A vereadora foi renomeada em ato datado de 11 de maio.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Informações sobre política, justiça, jornalismo investigativo e os bastidores de tudo que acontece no Piauí