GP1

Economia e Negócios

Petrobras pode causar 'convulsão nacional' se elevar preços, diz Bolsonaro

Bolsonaro afirmou que a Petrobras 'tem gula enorme' e que o lucro da estatal 'é um estupro, um absurdo'.
Por Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro falou sobre a Petrobras nesta quinta-feira, 5, minutos antes de a estatal petrolífera divulgar seu balanço trimestral. Além de mencionar que “fontes” afirmavam que o lucro da empresa poderia chegar a R$ 40 bilhões só no primeiro trimestre, ele frisou que “mais um aumento de combustíveis pode quebrar o Brasil” e que “o pessoal da Petrobras não entende, ou não quer entender”.

O presidente também afirmou que a Petrobras “tem uma gula enorme” e que o lucro da estatal “é um estupro, um absurdo”. Segundo Bolsonaro, a Petrobras “tem gordura” para evitar novos aumentos do diesel – frisou, ainda, que a empresa tem “que ter responsabilidade”. Ele afirmou que a Petrobras pode causar uma “convulsão nacional” se voltar a reajustar preços.

As críticas à estatal vieram um dia depois de o novo presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, afirmar ao Estadão, em entrevista, que “Bolsonaro entendeu a questão do preço de mercado” dos combustíveis, sujeitos à variação do dólar e do preço internacional do petróleo.

Sobre Coelho, novo presidente da estatal, Bolsonaro evitou fazer críticas ao executivo, ressalvando que ele acabou de assumir o cargo.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.