Fechar
GP1

Economia e Negócios

Conab suspende leilão para compra de 104 mil toneladas de arroz

Nova data para o leilão será anunciada em breve, conforme comunicado divulgado pela Companhia Nacional.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) suspendeu um leilão de compra de 104 mil toneladas de arroz beneficiado polido, que estava programado para esta terça-feira (21 de maio de 2024). A nova data para o leilão será anunciada em breve, conforme comunicado divulgado pela empresa na noite de segunda-feira (20 de maio).

O leilão foi planejado como uma medida para garantir o abastecimento de arroz após as recentes enchentes no Rio Grande do Sul, estado que responde por 70% da oferta nacional do produto. No entanto, a suspensão temporária do leilão levou a uma reavaliação das estratégias de abastecimento.

Na segunda-feira (20 de maio), em uma reunião extraordinária, o Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu zerar as tarifas para dois tipos de arroz não parboilizado e um tipo polido/brunido. Esta medida estará em vigor até 31 de dezembro.


A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) monitorará a situação para reavaliar o período de vigência da isenção tarifária, se necessário. Para implementar a isenção, os três tipos de arroz foram incluídos na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) do Mercosul.

A decisão de zerar as tarifas foi solicitada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária e pela Conab. Segundo o MDIC, a redução da alíquota a zero abre espaço para a compra de arroz de outros grandes produtores, como a Tailândia, que até abril deste ano respondia por 18,2% das importações brasileiras de arroz.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.