Fechar
GP1

Eleições 2024

João Vicente Claudino desiste de disputar a Prefeitura de Teresina

A revelação foi feita em entrevista ao GP1, na manhã desta terça (25). O PSDB vai avaliar três nomes.

O empresário João Vicente Claudino (PSDB) revelou com exclusividade em entrevista ao GP1, nesta terça-feira (25), a retirada de sua pré-candidatura a prefeito de Teresina.

Conforme o ex-senador, foi pedido o afastamento de Luciano Nunes da direção da Executiva Estadual e como a direção nacional afirmou que não conseguiria afastá-lo até o dia da convenção, ele desistiu da pré-candidatura.

Foto: Lucas Dias/GP1João Vicente Claudino
João Vicente Claudino

“Foi pedido à nacional que se afastasse a direção estadual, e ela achando que não afasta até o dia da convenção do PSDB, que está marcada para o dia 27 de julho, eu disse que nessa situação eu não seria candidato, que não teria como entrar numa situação que eu jamais vivi na minha vida, então eu não teria como participar dessa maneira”, esclareceu João Vicente.

Segundo João Vicente, o substituto dele será definido após uma rodada de pesquisas e três nomes serão avaliados: “Ontem nós tivemos uma reunião e já foram encomendadas duas pesquisas e os nomes do partido são do Silas, do Edson Melo e do Jorge Lopes. E a partir dessas pesquisas, na segunda-feira já teremos um resultado, a gente vai encaminhar o nome para a candidatura”, pontuou o empresário.


“A direção nacional reafirma o apoio à candidatura. Para a nacional não existe coligação fora da federação, então o candidato do PSDB será o escolhido dentro do PSDB do Piauí e terá o apoio da nacional”, garantiu João Vicente.

Divergências com a direção estadual

O imbróglio começou depois que o presidente estadual do PSDB, Luciano Nunes, declarou apoio ao pré-candidato do PT, Fábio Novo. Para João Vicente, essa aliança é incoerente. “Não vamos cometer a incoerência de se aliar a outro partido e não ter candidato próprio. Queremos ter candidato e a nacional também quer assim”, disse.

Contudo, o empresário enfatizou que não há divergências dentro do partido e que ele continuará ajudando na campanha eleitoral.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.