GP1

Entretenimento

Ludmilla e Lexa vão se apresentar em festa de ditador na África

O patriarca é conhecido no Brasil por financiar R$ 10 milhões no desfile da escola de samba Beija-Flor, para que a escola exaltasse sua nação.

As cantoras Ludmilla e Lexa vão se apresentar nesta segunda-feira (25) na África. Elas foram contratadas pelo ditador Teodoro Obiang Mangue, vice-presidente da Guiné Equatorial, para um evento que contará com cantores de todo o mundo.

  • Foto: Reprodução/ InstagramLexa e Ludmilla em mansão na ÁfricaLexa e Ludmilla em mansão na África

Lexa fará seu primeiro show internacional e embarcou para o país africano ao lado de Ludmilla em uma aeronave fretada pelo líder. "Hoje, mais uma vez, estou saindo do meu país para fazer o que eu amo que é cantar. Hoje a gente está indo para a África cantar no aniversário do príncipe da Guiné. Estou muito feliz. Minha mãe está indo com a gente. O cara é… muito f*. Ele fretou um voo internacional para a gente ir pra lá quebrar tudo", disse Ludmilla.

O patriarca é conhecido no Brasil por financiar R$ 10 milhões no desfile da escola de samba Beija-Flor, para que a escola exaltasse sua nação. Segundo a Forbes, ele é o 8ª líder mais rico do mundo, aos mesmo tempo, muitos analistas políticos consideram o seu regime um dos mais corruptos, etno-cêntricos, opressivos e não democráticos do mundo.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.