GP1

Entretenimento

Jornalista Fernando Vanucci morre aos 69 anos em São Paulo

Repórter e apresentador esportivo sofria de problemas cardíacos; ele deixa quatro filhos.
Por Estadão Conteúdo

O jornalista Fernando Vanucci morreu aos 69 anos nesta terça-feira em São Paulo. Ele sofria de problemas cardíacos, mas a causa da morte ainda não foi divulgada pelos familiares. Nascido em Uberaba, Minas Gerais, o jornalista deixa quatro filhos. Vanucci marcou época nas últimas décadas no jornalismo esportivo. Ele trabalhou como locutor, apresentador e comentarista. Cobriu seis Copas do Mundo (1978, 1982, 1986, 1990, 1994 e 1998). O jornalista tinha seu famoso bordão"alô, você".

A maior parte da carreira de Vanucci foi na Rede Globo. Além da cobertura das Copas, ele foi apresentador de diversos programas de sucesso da emissora, como Globo Esporte, Esporte Espetacular, Jornal Nacional, Jornal Hoje e Fantástico. Sempre foi um jornalista bem informado. Vanucci acumulou passagens ainda pela Bandeirantes, Record e Rede TV, também no comando dos principais programas esportivos das emissoras. Desde 2014, era editor de esportes da Rede Brasil de Televisão.

  • Foto: Reprodução/FacebookFernando VanucciFernando Vanucci

O jornalista passou mal de manhã e foi socorrido por uma funcionária. Ele teria sido levado para o Pronto Socorro Central de Barueri, na Grande São Paulo, mas não resistiu. Os familiares ainda não divulgaram onde será o velório e o sepultamento.

Vanucci tinha a saúde mais frágil desde 2019, quando sofreu um infarto e teve de colocar marca-passo. Em anos anteriores, o jornalista já havia tido outros problemas de saúde.

Repercussão

Logo após a divulgação da morte de Vanucci, muitos clubes de futebol lamentaram a perda e prestaram solidariedade aos familiares do jornalistas. As redes sociais foram tomadas por postagens em homenagem a Vanucci. Veja abaixo alguns tuítes de times e personalidades:

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.