GP1

Entretenimento

Duda Reis critica Record por incluir Nego do Borel em A Fazenda

O posicionamento da atriz surgiu após comentários no reality sobre seu caso com Nego do Borel.

Nesta sexta-feira, dia 17 de setembro, a atriz e influenciadora Duda Reis, usou as redes sociais para fazer um desabafo sobre um caso que envolveu seu nome, ocorrido entre os participantes do programa A Fazenda. Na ocasião, Duda Reis não deixou de criticar a postura da organização do programa por ter colocado no elenco da edição o seu ex-companheiro, Nego do Borel, que foi acusado de agressão.

Em vídeo publicado no Instagram, Duda Reis declarou que seu posicionamento visava abrir os olhos da população para que entendessem que a sociedade ainda tem um pensamento machista, na qual, segundo ela “a mulher é ensinada a não acreditar na palavra da mulher”.

O posicionamento da atriz surgiu após comentários feitos dentro do reality pela participante Dayane Mello, que pautou os casos de agressões vividos por Duda Reis em seu relacionamento com Nego do Borel, o intitulando com o “pobre coitadinho”, disse a atriz.

“Eu não quero na verdade que isso incite nenhuma onda de ódio contra a mulher, muito pelo contrário, quero mostrar para vocês como esse tipo de atitude mostra como nossa sociedade é machista e como a mulher ainda é muito é ensinada a não acreditar na palavra da mulher, e isso eu acho extremamente lamentável”, declarou em vídeo.

Ainda que os comentários tenham circulado de forma rápida na internet, Duda Reis afirmou que o mais lamentável da história é a emissora colocar, anualmente, participantes que tenham inclusive ficha criminal.

“A maior pena pra mim é uma emissora ter atitudes como essa e em diversos anos colocar homens, com ficha criminal, no reality de TV e dar chances a esses homens. É muito triste, é muito doloroso e é um desserviço à sociedade”, lamentou.

Confira o vídeo com o desabafo de Duda Reis:

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.