GP1

Entretenimento

BBB 22: Jade Picon diz não ter se incomodado com índice de rejeição

A influenciadora foi eliminada com 84,93% dos votos em um paredão contra seu rival Arthur Aguiar.
Por Estadão Conteúdo

Jade Picon foi eliminada do Big Brother Brasil no segundo maior paredão da história do programa, com quase 700 milhões de votos. Desse total, ela recebeu 84,93%, mas contou que se sentiu acolhida fora da casa.

"Ao mesmo tempo que existe a rejeição, existe o acolhimento. Estou me sentindo muito querida, ainda não vi toda a minha família, nem meus amigos. Estou assim, coração batendo forte", disse durante entrevista ao Domingão com Huck.

A influenciadora disse estar feliz por sua trajetória no reality show. "Foi a melhor experiência da minha vida de longe". Em relação ao alto índice de rejeição na votação, ela não se abalou.

"Não fiquei incomodada. Entendi, acho que essa era a resposta. O jogo continua lá e a vida continua aqui. Vivi tão intensamente, me joguei, fiz tudo o queria ter feito, então olho para trás e só sinto orgulho e gratidão."

Relação com Arthur

Durante o programa, Jade protagonizou uma rivalidade com Arthur Aguiar. "O meu problema com Arthur era que estávamos em lados opostos, mas o respeito prevaleceu."

Sobre a sua postura no jogo da discórdia, em que chegou a receber críticas de agir com soberba, ela comentou que fechava a cara para conseguir ser forte.

"Eu nunca tive que jogar balde na cabeça de alguém, é um momento tenso. Cada um se protege do jeito como consegue."

Jade também comentou que não percebeu que Arthur estava sendo querido pelo público. Mesmo ele já tendo voltado de três paredões, sendo dois por indicação dela, a sister insistiu e o puxou para a berlinda novamente quando atendeu o big fone.

"Lá dentro não tem muito uma visão de quem está muito forte ou fraco, eu acreditava nessa intuição de que ele era um adversário. Fui indo, indo e paguei para ver."

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.