GP1

Mundo

Peru e Venezuela restabelecem relações após quase quatro anos

Eleição do presidente Pedro Castillo, no Peru, facilitou a aproximação com o governo de Nicolás Maduro.
Por Estadão Conteúdo

Venezuela e Peru restabeleceram relações diplomáticas após quase quatro anos rompidos. A retomada dos laços entre os dois países foi facilitada pela eleição de Pedro Castillo, sindicalista de extrema esquerda, que assumiu a presidência do Peru em julho. Em setembro, Castillo se reuniu com o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, durante a sexta cúpula da Comunidade dos Estados da América Latina e do Caribe (Celac).

A relação entre Peru e Venezuela sempre foi conturbada. Caracas rompeu relações com Lima em 1992, após o autogolpe dado pelo então presidente peruano Alberto Fujimori. No mesmo ano, diversos militares venezuelanos fugiram para o Peru após fracassarem em uma tentativa de derrubar o presidente da Venezuela, Carlos Andrés Pérez.

O rompimento mais recente ocorreu em 2017, quando o Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela assumiu as funções da Assembleia Nacional, comandada pela oposição. O presidente do Peru, o conservador Pedro Pablo Kuczynski, retirou seu embaixador em Caracas, Mario López Chávarri. “Condeno a ruptura democrática na Venezuela. Retiro de maneira definitiva o meu embaixador”, escreveu Kuczynski em sua conta no Twitter.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.