GP1

Mundo

Covid-19: Namíbia suspende uso da Sputnik V e alega risco de HIV

A decisão do país foi dada no último sábado, dia 23 de outubro. A informação é agência Reuters.

O Ministério da Saúde da Namíbia decidiu suspender o uso da vacina russa Sputnik V em sua campanha de imunização contra a covid-19, por acreditar no risco de contaminação por HIV, devido ao adenovírus 5. A decisão do governo local foi dada no último sábado, dia 23 de outubro. A informação é agência Reuters.

De acordo com as autoridades da Namíbia, a restrição irá durar até que a Sputnik V entre para a lista de imunizantes contra a covid-19 aprovados pela Organização Mundial da Saúde para uso emergencial.

Anteriormente, a África do Sul rejeitou também a utilização da Sputnik V, em razão da possibilidade de aumento dos riscos de contaminação por HIV, que as autoridades do país associaram ao imunizante russo.

O órgão de saúde sul-africano alegou que não aprovou um pedido de uso de emergência para a Sputnik V nesse momento porque alguns estudos sugeriram que a administração de vacinas usando o vetor do adenovírus tipo 5, que é utilizado na vacina russa, pode aumentar suscetibilidade dos homens ao HIV.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.