GP1

Mundo

Ex-chefe da Inteligência da Venezuela é preso acusado de narcotráfico

Preso em Madri, o ex-militar estava desaparecido desde 2019, quando os EUA decretaram sua extradição.

A polícia espanhola anunciou na noite desta quinta-feira (09) a prisão do general venezuelano Hugo Carvajal, que atuou como chefe dos serviços de Inteligência da Venezuela no governo de Hugo Chávez (1999-2013). Preso em Madri, o ex-militar estava desaparecido desde 2019, quando os Estados Unidos decretaram sua extradição.

No Twitter, a Polícia Nacional da Espanha divulgou um vídeo do momento da prisão de Armando Carvajal, mais conhecido como El Pollo, e ressaltou que ele era o foragido mais procurado dos Estados Unidos.

“Hugo Armando Carvajal Barrios, considerado o foragido mais procurado dos Estados Unidos por crime de tráfico de drogas de alto nível, tinha ação judicial em vigor no Tribunal Superior Nacional”, afirma a polícia na publicação.

Ainda segundo a Polícia Nacional, durante dois anos em que esteve foragido, El Pollo mudava de esconderijo a cada três meses. “Durante os dois anos de fuga, em que mudou de esconderijo a cada três meses, viveu completamente enclausurado, nunca saindo para a rua em momento algum. A operação contou com a colaboração do Escritório de Ligação da DEA em Madrid”, finaliza a publicação.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.