GP1

Mundo

Terremoto de magnitude 6,0 atinge o Irã e deixa pelo menos cinco mortos

Outros países da região também sentiram tremor durante a madrugada deste sábado (horário local).
Por Estadão Conteúdo

Um terremoto de magnitude 6,0 atingiu o Irã na madrugada deste sábado (horário local), 1º, e deixou pelo menos 5 mortos e 44 feridos, de acordo com a televisão estatal IRNA. O tremor também foi registrado pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Inicialmente, o USGS havia divulgado um grau de magnitude de 6,2, mas corrigiu a informação em seguida.

“Há cinco mortos e 44 feridos por conta dos terremotos em Hormozgán”, disse o porta-voz dos serviços de emergência do Irã, Mojtaba Khalidi. O abalo atingiu especialmente a província de Hormozgán e em especial ao povoado de Sayeh Khosh, na zona de Bandar Khamir, próximo a Hormuz.

A fonte informou ainda que 22 pessoas continuam hospitalizadas, enquanto o restante já recebeu alta. Cerca de 80 povoados ficaram sem energia elétrica. Em 53 o serviço foi estabelecido cerca de três horas depois.

O terremoto ocorreu a uma profundidade de 10 km (6,21 milhas), segundo o Centro Sismológico Euro-Mediterrânico (EMSC), o epicentro foi a 100 quilômetros a sudoeste da cidade portuária de Bandar Abbas. O terremoto aconteceu um minuto depois de outro tremor de magnitude 5,7 e, segundo relatou a Reuters, antecedeu outros dois outros tremores de magnitudes 6,3 e 6,1, que aconteceram instantes depois.

As três pessoas morreram na aldeia Sayeh Khosh, próxima ao epicentro do terremoto, informou a IRNA. De acordo com a emissora, o Conselho Islâmico do local afirmou que os corpos foram retirados de escombros. “Todas as vítimas morreram no primeiro terremoto e ninguém ficou ferido nos seguintes, porque as pessoas haviam saído de casa”, declarou o governador da região, Foad Moradzadeh, à imprensa estatal.

O tremor também foi sentido em outros países do Oriente Médio, informou o USGS. São eles: Bahrein, Arábia Saudita, Irã, Omã, Paquistão, Catar, Emirados Árabes Unidos e Afeganistão.

A magnitude não é considerada muito alta pelos serviços geológicos. Entretanto, a depender da região atingida, o tremor pode causar um grande número de mortos, como no terremoto ocorrido no Afeganistão no último dia 22, que deixou ao menos mil mortos e 1,6 mil pessoas feridas. Nesse caso, a magnitude foi de 6,1 e o epicentro aconteceu na província de Paktika, cerca de 50 quilômetros a sudoeste da cidade afegã de Khost.

O Irã está situado em meio a várias placas tectônicas e é atravessado por várias falhas geológicas, que o convertem em um país de alta atividade sísmica. O terremoto mais mortal da história do país foi em 1990, com magnitude de 7,4, que deixou 40 mil mortos. /Com informações da AFP e EFE

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.