União - PI

Acusada usou spray de pimenta antes de matar rival em União

A polícia encontrou o material nas proximidades do local onde a vítima foi assassinada.

Laura Moura
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Policiais civis apreenderam na manhã desta quinta-feira (10), por volta de 09h, um spray de pimenta utilizado por Samila Alves Andrade. Ela foi presa na última terça-feira (08), no município de União, acusada de matar Domingas Maria Lázaro da Silva, esposa de um homem identificado como Francisco que era seu amante.

De acordo com o delegado Ricardo Moura da Polícia Civil do município, a polícia encontrou o material nas proximidades do local onde a vítima foi assassinada. A acusada disse em depoimento que teria fabricado o spray e em seguida utilizado para facilitar sua ação antes de desferir as facadas contra a vitima.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilMaterial apreendido pela PMMaterial apreendido pela PM

“Ela disse que o spray era dela, que ela mesma fez misturando vinagre com pimenta. Quando estava na casa da Domingas, houve a discussão e a briga , aí ela usou o spray de pimenta para facilitar o crime, cegando a vítima, depois pegou a faca e desferiu os golpes”, explicou o delegado.

Relembre o caso

Uma mulher identificada como Domingas Maria Lázaro da Silva, de 41 anos, foi morta com várias facadas na manhã da última terça-feira (08), ao sair da própria residência que fica na Rua São Jorge, no Loteamento Verde Viva, bairro São Pedro em União.

A acusada de praticar o assassinato, identificada como Samila Alves Andrade, foi presa logo em seguida. Samila é amante do companheiro de Domingas, identificado apenas como Francisco. A acusada foi até a casa da vítima para conversar, só que as duas se desentenderam e Samila assassinou a mulher.

NOTÍCIA RELACIONADA

Mulher é assassinada a facadas pela amante do marido em União

Mais conteúdo sobre: