Uruçuí - PI

Acusado de estuprar enteada de 10 anos é preso em Uruçuí

Ao ser preso, o acusado negou a autoria do crime. “Ele nega, mas há relatos de vizinhos, da própria vítima e os exames, que comprovaram", disse o tenente-coronel Feitosa.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Uma ação conjunta entre os policiais da Delegacia Regional de Uruçuí e equipes do 10º Batalhão da Polícia Militar terminou com a prisão de um homem de 27 anos, acusado de estuprar a enteada de apenas 10 anos de idade, na zona rural do município de Uruçuí.

De acordo com o comandante do 10º BPM, tenente-coronel Nelson Feitosa, o delegado Francisco Célio solicitou apoio à Polícia Militar para dar cumprimento ao mandado de prisão em desfavor do padrasto da vítima que, cerca de 10 dias antes da prisão do acusado, relatou à diretora da escola onde ela estuda os abusos que sofria, inclusive, sob conivência da própria mãe.

“Ele vivia com a mãe da criança no Povoado Nova Santa Rosa, a 150km de Uruçuí. Há uns 10 dias a diretora da escola detectou alguns problemas e durante uma conversa com a criança ela relatou o que ocorria. A diretoria foi até a delegacia, juntamente com o Conselho Tutelar, fez a denúncia, foram feitos os exames e ficou constatado o crime”, explicou o tenente-coronel Nelson Feitosa.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Tenente-coronel Feitosa, comandante da PM em UruçuíTenente-coronel Feitosa, comandante da PM em Uruçuí

Diante dos fatos, o delegado Francisco Célio solicitou mandado de prisão à Justiça e na tarde dessa quarta-feira (04), juntamente com o comandante da PM de Uruçuí, foi até a residência do acusado, na localidade Nova Santa Rosa e o prendeu.

A guarda da vítima está sob responsabilidade da avó, pois a mãe da criança é suspeita de ser conivente com a situação pela qual a própria filha vivia em poder do padrasto. Ao ser preso, o acusado negou a autoria do crime. “Ele nega, mas há relatos de vizinhos, da própria vítima e os exames, que comprovaram. O que foi apurado era que a mãe sabia dos fatos e quanto a isso somente o delegado vai poder falar”, finalizou.