Teresina - PI

Acusado de matar jogador na Vila Operária vai a Júri Popular

A sentença da juíza de direito Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, foi dada no dia 5 de março deste ano.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

A juíza de direito Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, pronunciou Wagner Dávio Carvalho de Almeida para que vá a julgamento pelo Júri Popular pelo assassinato de Helton Carlos dos Santos Sousa, 18 anos, morto por engano na Vila Operária, no dia 14 de junho de 2019. A sentença foi dada no dia 5 de março deste ano. Ele também será julgado pela tentativa de homicídio contra Davi Furtado Carvalho de Morais, amigo de Helton.

Além de Wagner, o Ministério Público do Estado do Piauí denunciou também Anderson Carvalho da Silva e Lucas Filipe Santos de Melo, no entanto, a magistrado impronunciou os dois das imputações que lhes foram feitas, por não se extrair das provas constantes dos autos indícios suficientes da autoria/participação deles no cometimento dos delitos descritos na denúncia.

  • Foto: Divulgação/DHPPWagner DavioWagner Davio

A juíza decidiu ainda manter Wagner preso até o julgamento pelo Tribunal do Júri, por persistem os requisitos e pressupostos legais, autorizadores de sua segregação cautelar.

Em relação a Anderson e Lucas, Zilnar revogou a prisão preventiva dos mesmos e determinou a expedição dos competentes alvarás de soltura.

Denúncia

Segundo denúncia do MP, no dia 14 de junho de 2019, por volta das 20h30min, na Praça São José ou Praça da Vila Operária, localizada no Bairro Vila Operária, as vítimas Helton e Davi foram alvejadas por disparos de armas de fogo, que causaram o óbito de Helton e lesionaram Davi.

Foi apurada que a motivação dos crimes foi por vingança, uma vez que almejavam atingir Bruno Stefany Pereira dos Santos, suposto autor do homicídio contra Lia Raquel Soares de Carvalho, mãe de Wagner.

O crime

Um jovem identificado como Helton Carlos dos Santos Sousa, de 18 anos, foi assassinado a tiros, na noite do dia 14 de junho de 2019, por volta das 20h30min, na Praça da Igreja da Vila Operária, zona norte de Teresina.

  • Foto: DivulgaçãoHelton CarlosHelton Carlos

A Polícia Militar informou ao GP1 que três homens chegaram em duas motocicletas atirando contra um grupo de pessoas que estava no local. A vítima participava de um projeto social de futebol e trabalhava no Comercial Carvalho como menor aprendiz.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DHPP prende terceiro acusado de matar jogador na Vila Operária

Jovem Aprendiz do Comercial Carvalho é assassinado na Vila Operária