Teresina - PI

Advogada picoense Renata Vérica morre aos 25 anos em Teresina

Deficiente visual, a advogada lutava pelos direitos das pessoas com deficiência, por acessibilidade e inclusão.

Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

A Ordem dos Advogados Brasileiros (OAB-PI) manifestou seu pesar pelo falecimento da advogada Renata Vérica de Sousa Silva, ocorrido na manhã deste sábado (16), em Teresina. A organização estabeleceu luto oficial de três dias.

Renata Vérica tinha 25 anos, sofria de deficiência visual e nanismo. Advogada, recebeu sua carteira profissional em Braille das mãos do presidente da OAB-PI, Celso Barros Coelho Neto, no dia 13 de março de 2019. Lutava pelos direitos das pessoas com deficiência, por acessibilidade e inclusão dessas pessoas. Ela também fazia parte da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da OAB-PI. Até o momento, não se sabe a causa da morte.

Em sua declaração, divulgado em seu site oficial, a organização “manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento da Advogada Renata Vérica de Sousa. À família e aos amigos, a OAB Piauí apresenta os sentimentos pela perda de Renata Vérica”.

O velório foi realizado na Pax União. Já o corpo será levado para o município de Picos, onde acontecerá o enterro.

Confira a nota na íntegra:

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento da Advogada Renata Vérica de Sousa Silva, ocorrido neste sábado (16), em Teresina, estabelecendo-se luto oficial de três dias.

O velório está sendo realizado na Pax União e, às 12h:30, o corpo será levado para o município de Picos, onde acontecerá o enterro.

Para o Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, “Renata foi um exemplo, formou-se em Direito como uma das primeiras da turma e estagiou por concurso no Tribunal do Trabalho. Tive a honra de entregar-lhe a Carteira de Advogada e, sem dúvidas, foi um momento marcante e emocionante. Nos dias seguintes recebi a Renata pleiteando participar de Comissões da OAB e ela participava de várias ações institucionais. Era uma pessoa ativa, inteligente, dedicada e que não havia limitação alguma para a sua atuação e presença. Estamos muito tristes com a perda de uma grande mulher e que deixa o exemplo de vida”, afirma.

Renatinha, como era carinhosamente chamada, recebeu a carteira profissional da OAB-PI e o Estatuto da OAB em Braille, em março de 2019, momento especial na OAB. À família e aos amigos, a OAB Piauí apresenta os sentimentos pela perda de Renata Vérica.

Mais conteúdo sobre: