Mundo

Aeroporto de Londres é reaberto após descoberta de bomba

Cerca de 16 mil passageiros foram afetados com a interdição do aeroporto London City.

THAIS GUIMARÃES
DE TERESINA
- atualizado

O aeroporto London City, em Londres, retornou às suas atividades normalmente nesta terça-feira (13), após ter sido fechado nesta segunda-feira (12), com a descoberta de uma bomba da II Guerra Mundial no rio Tâmisa, próximo da única pista de pouso e decolagem. Cerca de 16 mil passageiros foram afetados com a interdição.

De acordo com o diretor do aeroporto, Robert Sinclair, com a descoberta do explosivo foi definida uma zona de risco e os residentes dessa área tiveram de sair do local, medida que também foi suspensa, com a reabertura do aeroporto, segundo o G1.

A bomba, de fabricação alemã, pesa 500 quilos e tem 1,5 metro de comprimento, e deve ser transferida para um local seguro por um grupo de especialistas em desativação de explosivos e mergulhadores da Marinha Britânica, que vão fazer a explosão controlada do artefato.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB