Redenção do Gurgueia - PI

Aprosoja lamenta morte do empresário Cezar Marafon

Cezar Marafon e o funcionário, identificado como Carlos, morreram eletrocutados quando faziam manutenção na bomba de um poço.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

A Associação dos Produtores de Soja do Estado do Piauí (Aprosoja-PI) emitiu nota de pesar pelo falecimento do empresário e produtor rural Cezar Marafon, que morreu na tarde desta sexta-feira (25) após sofrer uma descarga elétrica em sua fazenda, na cidade de Redenção do Gurguéia. O funcionário da propriedade, identificado apenas como Carlos, também faleceu.

A entidade, que é uma seccional da Associação Brasileira dos Produtores de Soja, manifestou extremo pesar pela morte trágica de Cezar Marafon, que sofreu uma descarga elétrica, ele e o funcionário Carlos, quando ambos faziam manutenção em uma bomba d’água que abastecia os tanques de peixe da fazenda.

“Grande lutador em prol do desenvolvimento da agricultura no cerrado piauiense, produtor que acreditava e trabalhava pelo Piauí, deixa sua marca como desbravador e empreendedor da nossa agropecuária”, diz a nota da Aprosoja-PI.

Por fim, a Aprosoja-PI manifestou gratidão ao produtor Cezar Marafon, que era presidente do Sindicato Rural de Bom Jesus. “Em nome dos produtores de soja do Piauí, agradecemos por todo esforço, contribuição e serviços prestados à agricultura no Estado. Estamos de luto! Nossos mais sinceros sentimentos à família e aos amigos por esta inestimável perda”, finaliza o texto.

Entenda o caso

Cezar Marafon e seu funcionário, Carlos, morreram eletrocutados quando tentavam consertar uma bomba d’água em uma fazenda na cidade de Redenção do Gurguéia. O acidente aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (25).

Uma equipe do SAMU ainda se dirigiu ao local para prestar socorro, contudo, as vítimas já haviam falecido antes mesmo de chegar o socorro.

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresário Cezar Marafon e funcionário morrem eletrocutados em fazenda

Mais conteúdo sobre: