Floriano - PI

Autônomo denuncia que veículo da Câmara de Floriano está abandonado

Ao GP1, Mateus Carvalho informou que recebeu uma denúncia no domingo (21) de que um veículo da Câmara Municipal de Floriano, estava abandonado em um terreno.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Está circulando nas redes sociais um vídeo do autônomo Mateus Carvalho, onde ele denuncia a Câmara Municipal de Floriano por deixar um veículo oficial abandonado em um terreno ao lado de um posto de gasolina no Centro do município de Floriano.

Ao GP1, Mateus Carvalho informou que recebeu uma denúncia no domingo (21) de que um veículo da Câmara Municipal de Floriano, estava abandonado em um terreno. Ele foi até o local por volta das 21h e decidiu gravar um vídeo.

Ele disse que quando chegou ao local, constatou que o veículo Celta tinha uma placa com o nome oficial e que ele estava “com os quatro pneus baixos, não sei se furado, todo sujo de folhas e fezes de pássaro”.

No vídeo Mateus Carvalho critica a atuação dos vereadores da Câmara Municipal, principalmente a do presidente Maurício Bezerra. “Está sendo irresponsável com o bem público, deixando o bem público abandonado. Isso aqui não é seu não, é do povo. Tem que fazer alguma coisa com ele, não pode deixar abandonado. Uma falta de vergonha. Está bom tomar vergonha. Vocês estão com descaso com o dinheiro público”, criticou.

Mateus afirmou ao GP1 que os florianenses estão cansados de desculpas, e que "esse carro é um bem público. Ele tinha que estar estacionado na garagem da Prefeitura ou da Câmara. Muitos aqui usam esses carros como se fossem particulares”.

Outro lado

O GP1 entrou em contato com o presidente da Câmara Municipal de Floriano, Maurício Bezerra, que informou que o caso se trata de uma fake news. Ele destacou que o “veículo estava guardado em estacionamento de propriedade do vice-presidente da câmara. O local inclusive é trancado por correntes”.

Maurício Bezerra decidiu gravar um vídeo de esclarecimento, onde informou sobre a situação do veículo. Ele destacou que as críticas estariam ocorrendo devido ao período eleitoral e que o carro está estacionado em um local seguro, com a presença de um vigilante.

Mais conteúdo sobre: