Política

Bancada do PP vai decidir se fica no governo após reunião com Wellington

O presidente do Progressistas, deputado Júlio Arcoverde, tem audiência marcada com o governador Wellington Dias (PT) na tarde desta quinta-feira (6).

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O deputado estadual Júlio Arcoverde (Progressistas) vai conversar com o governador Wellington Dias (PT) às 16h desta quinta-feira (6) sobre a possibilidade de a bancada progressista permanecer na base aliada mesmo após o rompimento com o senador Ciro Nogueira (Progressistas).

Após se reunir com os deputados estaduais Hélio Isaías, Belê Medeiros, B. Sá Filho, Firmino Paulo e Wilson Brandão, o presidente da sigla Júlio Arcoverde disse ao GP1 que a definição será tomada em conjunto pela bancada. A resposta, no entanto, só será divulgada pela bancada após o encontro com o chefe do executivo.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Reunião da bancada progressista Reunião da bancada progressista

“O governador pediu para conversar comigo em uma audiência hoje às 16 horas e ficou decidido que qualquer posicionamento definitivo da bancada seria depois dessa conversa com o governador”, declarou.

Surpreso

Arcoverde disse ainda que ficou surpreso com o vídeo divulgado pelo governador informando sobre o rompimento com o senador Ciro Nogueira. Para o deputado, o rompimento tende a prejudicar o povo do Piauí.

“Causou surpresa porque as testemunhas, as pessoas que estavam nessa reunião disseram que em nenhum momento foi tratado essa questão de rompimento. Até porque na manhã eu disse que o rompimento de duas lideranças como o senador Ciro e o governador Wellington acaba prejudicando o Piauí”, continuou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Júlio ArcoverdeDeputado Júlio Arcoverde

Sempre fiel

O deputado ainda declarou que que o Progressistas é aliado de primeira hora do governador. “Sempre tivemos excelente relacionamento com o governador. Votamos nas questões mais difíceis, questões de previdência, os projetos mais difíceis de ser votados, a bancada Progressista, enquanto esteve no governo, foi sempre fiel ao governo. Nosso entendimento sempre foi com o governador”, seguiu.

Ciro acata

O senador Ciro Nogueira, ainda conforme Arcoverde, vai acatar qualquer decisão dos deputados. “O Ciro está muito à vontade com o partido a nível estadual, pode tomar a decisão que tomar que ele vai tomar e aceitar”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bancada do PP se reúne para decidir quem permanece na base de Wellington

"Se sair, sairão todos", diz Júlio Arcoverde sobre saída de deputados do Governo Wellington