Teresina - PI

Bandido é condenado por matar PM durante assalto em Teresina

A sentença do juiz federal substituto Leonardo Tavares Saraiva, da 1ª Vara Federal, foi dada no dia 20 de fevereiro deste ano.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O juiz federal substituto Leonardo Tavares Saraiva, da 1ª Vara Federal, condenou Douglas Balbino de Oliveira a 21 anos de prisão pela morte do policial militar Sebastião Alves de Sousa durante assalto à Agência dos Correios, no Bairro Parque Piauí, em Teresina, em 2008. A sentença foi dada no dia 20 de fevereiro deste ano.

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, durante o assalto realizado no dia 18 de dezembro de 2018, Douglas e outros dois bandidos foram surpreendidos pelo cabo que era o responsável pela vigilância da agência.

Consta que Wagner Gomes Silva teria anunciado o assalto e, após, ter travado luta corporal com o cabo, imobilizando-o, Douglas, tirando proveito da imobilização do policial, já dominado no chão, teria retirado a arma do coldre e desferido dois tiros na cabeça de Sebastião. Enquanto isso, André de Sousa Rodrigues teria se responsabilizado pela condução do veículo utilizado no assalto, contribuindo para consumação do delito.

O processo em relação aos três foi desmembrando, tendo Wagner sido condenado e André extinta a sua punibilidade em razão de sua morte.

Douglas então foi condenado a 21 anos de reclusão em regime fechado e pagamento de 1 dias-multa, no valor de 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo vigente à época do fato. Ao final foi decretada sua prisão preventiva.