Política

Bolsonaro admite apoiar candidatos a vereador e prefeito em sete cidades

Presidente disse que fará 'campanha' para alguns nomes faltando duas quintas-feiras para o primeiro turno.

Por  Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta quinta-feira, 8, que vai apoiar candidatos a vereador e prefeito em sete cidades do País. Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, ele afirmou que fará campanha para alguns nomes faltando duas quintas-feiras para o primeiro turno das eleições municipais, no dia 15 de novembro.

Em live no dia 24 de setembro, o mandatário já havia confirmado apoio a candidatos de São Paulo, Santos e Manaus. Nesta quinta, no entanto, ele ampliou a lista para Belo Horizonte, onde diz apoiar "o candidato gordinho, jovem e inteligente", e Fortaleza, onde há um "capitão".

Na capital mineira, o deputado estadual Bruno Engler (PRTB), de 23 anos, é o que mais tenta se associar à figura do presidente. Já na capital do Ceará, o único concorrente que usa o título mencionado por Bolsonaro no nome é o deputado federal Capitão Wagner (Pros).

Outra novidade foi o apoio a duas vereadoras de São Paulo, com as quais o presidente diz já ter realizado gravações. No Rio, Bolsonaro comentou ainda que tem um candidato a vereador e que os espectadores “devem saber quem é”. Seu filho Carlos Bolsonaro (Republicanos) busca reeleição na Câmara carioca e até já recebeu doação irregular em dinheiro vivo do presidente no valor de R$ 10 mil, conforme reportagem dos jornais O Globo e Folha de S.Paulo.

A eleição suplementar para vaga de senador por Mato Grosso também entrou em pauta na live. Bolsonaro declarou apoiar uma tenente-coronel da Polícia Militar (PM) - entre os 11 candidatos, está Coronel Fernanda (Patriota).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Presidente Jair Bolsonaro diz que escolhe ministros com competência

STF decide hoje se Bolsonaro depõe por escrito ou presencialmente

Bolsonaro indica Carlos da Costa para assumir a presidência do Bid Invest

Mais conteúdo sobre: