Entretenimento

Cantor Eduardo Costa é investigado por fraude milionária

A assessoria do cantor informou que as acusações são falsas e que ele ainda não foi notificado.

Nayrana Meireles
Teresina
- atualizado

O cantor Eduardo Costa está sendo investigado por suspeita de estelionato. De acordo com informações do SBT Brasil, o motivo se deve a uma negociação imobiliária em que ele praticou estelionato.

O cantor adquiriu um imóvel na região da Pampulha, em Belo Horizonte, por R$ 9 milhões. Segundo o programa do SBT, o valor pago em espécie foi de R$ 2 milhões e o restante foi quitado com bens de luxo, como carro, barco e outro imóvel.

  • Foto: Facebook/Eduardo CostaCantor Eduardo CostaCantor Eduardo Costa

No entanto, o outro imóvel que entrou na negociação do cantor é avaliado em R$ 6 milhões e vem sendo investigada desde 2013 pelo Ministério Público. Segundo o MP, a mansão foi construída em uma área de preservação ambiental permanente no sul de Minas Gerias, às margens do lago Furnas.

Ainda segundo a reportagem, Eduardo Costa cometeu estelionato por esconder informações ao novo dono da mansão. Agora ele está sendo processado. Os novos donos do imóvel pedem a anulação do contrato e mais R$ 10 mil por danos morais. A assessoria do cantor informou que as acusações são falsas e que ele ainda não foi notificado.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB