Política

Celso Jacob é flagrado ao tentar entrar com alimentos em presídio

O deputado foi levado para o isolamento, onde deve passar sete dias.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

O deputado federal Celso Jacob, do PMDB do Rio de Janeiro, foi flagrado com alimentos escondidos ao tentar retornar para o Centro de Detenção Provisória da Papuda, no Distrito Federal, no último domingo (19).

Dentro de suas vestimentas, o deputado levava pacotes de biscoito e queijo provolone. A Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), ligada à Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social, informou que durante o processo de revista foram encontrados os mantimentos. O deputado ficará no setor de isolamento por sete dias.

“A Vara de Execuções Penais (VEP), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), já foi comunicada do fato. Também foi aberto um inquérito disciplinar para apurar o caso. A punição para esses casos pode chegar a 30 dias de isolamento, além da perda de benefícios, conforme decisão da VEP”, diz a nota.

  • Foto: Luís Macedo/Câmara dos DeputadosCelso JacobCelso Jacob

Preso desde junho

O deputado federal foi preso em junho no Aeroporto de Brasília, após ser condenado por falsificação de documento público e dispensa de licitação quando era prefeito da cidade de Três Rios, no Rio de Janeiro, entre 2001 e 2008.

O juiz Valter André Bueno Araújo, da Vara de Execuções Penais do DF, autorizou Jacob a deixar o presídio durante o dia para atuar como deputado na Câmara dos Deputados.

Mais conteúdo sobre: