Altos - PI

Celulares são apreendidos na Major César durante Operação Atônito

A missão envolveu cerca de 50 agentes penitenciários, membros do Grupo de Apoio Rápido (GAR), além de Policiais militares do Batalhão de Choque.

Liane Cardoso
Teresina
- atualizado

A Secretaria de Justiça do Piauí (SEJUS), deflagrou na manhã desta quinta-feira (17), a Operação Atônito, que tem como objetivo vistoriar pavilhões e celas da Colônia Agrícola Major César de Oliveira, em Altos. Foram apreendidos 13 celulares, 23 carregadores, oito baterias, uma caixa com 359 DVD’s piratas e uma pequena quantidade de drogas.

A missão foi coordenada pelo diretor de inteligência da Sejus, delegado Charles Pessoa, e envolveu cerca de 50 agentes penitenciários, membros do Grupo de Apoio Rápido (GAR), além de Policiais militares do Batalhão de Choque.

  • Foto: Divulgação/SejusMaterial apreendido na operação AtônitoMaterial apreendido na operação Atônito

A operação visa a contenção de atitudes erradas, com a aplicação de ordem e disciplina na penitenciária. O secretário de Justiça, Carlos Edilson, explicou que a ação aconteceu dentro do esperado e é importante também para o andamento de políticas públicas com o objetivo da reinserção social. "Com a ordem mantida, poderemos avançar nas ações que possibilitem a ressocialização e a assistência ao detento que busca a mudança de vida", relatou o gestor.

Em agosto de 2019, foi realizada uma operação semelhante que resultou na apreensão de 76 celulares.

Mais conteúdo sobre: