Política

Colunista diz que Dilma poderá ser candidata ao senado pelo Piauí

O colunista afirma que a ideia de se candidatar pelo Piauí vem sendo cogitada seriamente pela ex-presidente por volta de cinco meses.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

Dilma Rousseff poderá ser candidata ao senado pelo Piauí. É o que aponta o colunista Josias de Sousa, do ‘UOL’, na coluna de hoje, 17 de dezembro.

Segundo ele, sem alarde, Dilma vem conversando com amigos sobre o projeto de reinvenção de sua carreira política, no caso com uma candidatura ao senado da República. O colunista faz uma análise de uma eventual candidatura de Dilma pelo Rio Grande do Sul, Minas Gerais ou Piauí.

  • Foto: Tarla Wolski/Futura Press/Estadão ConteúdoDilmaDilma

No Rio Grande do Sul, diz ele, o PT já fechou com a reeleição de Paulo Paim, já em Minas Gerais teria como adversário o senador Aécio Neves, e que em uma nova disputa “em vez do debate sobre certidões de nascimento, discutiriam o prontuário um do outro. Ela tornou-se um inquérito esperando na fila da Lava Jato para acontecer. Ele virou um colecionador de processos criminais. Por ora, soma nove”.

Afirma que ideia de se candidatar pelo Piauí vem sendo cogitada seriamente pela ex-presidente por volta de cinco meses. “Não foi a primeira vez que o Piauí entrou no radar de Dilma. A cogitação nascera há coisa de cinco meses. Causara certo desassossego no petismo piauiense, forçando o governador Wellington Dias (PT) a negar que estivesse negociando com Dilma a transferência do domicílio eleitoral dela de Porto Alegre para Teresina. A novidade é que a ex-presidente voltou a falar sobre o assunto”, diz Josias de Sousa.

Para ele, uma candidatura pelo Piauí “não faria jus à fama de valentona de Dilma”, pois ficaria parecida com José Sarney, que foi eleito senador pelo Amapá, depois de finalizado seu mandato presidencial.

Mais conteúdo sobre: