Mundo

Coreia do Norte confirma que realizou testes com lança-mísseis

Exercícios militares tinham como objetivo avaliar e inspecionar a capacidade operacional e a precisão dos lança-mísseis.

Por  Estadão Conteúdo

A Coreia do Norte confirmou que realizou manobras militares para testar lança-mísseis "de grosso calibre e longo alcance e armas táticas teleguiadas" no sábado (data local, sexta-feira em Brasília), o que gerou momentos de tensão na região.

Os testes, que ocorreram no litoral leste do país, contaram com a participação do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, segundo informou a agência norte-coreana KCNA. "Após determinar a ordem e o procedimento de ataque de artilharia, ele deu a ordem de fogo", noticiou a agência.

As autoridades militares sul-coreanas foram as primeiras a informar sobre essas atividades. Primeiro, disseram que tratava-se de um míssil de curto alcance, depois de vários mísseis e finalmente esclareceram que foram "projéteis".

O lançamento gerou conversas por telefone entre autoridades da Coreia do Sul, dos Estados Unidos e do Japão, em meio à preocupação de que o regime de Pyongyangtivesse decidido retomar o programa armamentista que havia interrompido durante meses.

Segundo KCNA, os exercícios militares tinham como objetivo avaliar e inspecionar a capacidade operacional e a precisão dos lança-mísseis de grosso calibre e longo alcance, das armas táticas teleguiadas e a eficiência em combate dos armamentos. Tudo isso, segundo a nota, para comprovar o grau de mobilização dos soldados de artilharia.

Kim, de acordo com KCNA, expressou que as tropas participantes "manejam muito bem os modernos lança-mísseis e armas teleguiadas e são artilheiros infalíveis".

Mais conteúdo sobre: