Economia e Negócios

Covid-19: quase 14 mil trabalhadores perderam o emprego no Piauí em 2 meses

Os dados foram divulgados nessa segunda-feira (27) pelo Ministério da Economia, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Gil Sobreira
Teresina

O Piauí registrou 6.260 demissões de trabalhadores com carteira assinada em maio deste ano, segundo mês efetivamente afetado pela pandemia do novo coronavírus.

Em abril o total de demissões foi maior e chegou a 7.659. Nos dois primeiros meses de pandemia foram 13.919 demissões. Os dados foram divulgados nessa segunda-feira (27) pelo Ministério da Economia, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No mês de maio foram contratadas apenas 2.901 pessoas, com saldo negativo de 3.359.

Nos cinco primeiros meses do ano foram contratadas 29.186 trabalhadores no estado, enquanto outros 37.740 foram demitidos, gerando um saldo negativo de 8.554.

O recorde de demissões acontece em meio a crise econômica provocada pela pandemia da covid-19, que tem derrubado o nível da atividade econômica e empurrado o país para recessão.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Motel Garden fecha as portas e 26 funcionários ficam desempregados

Covid-19: quase 8 mil trabalhadores foram demitidos no Piauí em abril

Taxa de desemprego fica em 12,6% no trimestre até abril, revela IBGE