Teresina - PI

Delegada abre inquérito para investigar morte de cães em Teresina

A delegada Edenilza Viana, responsável pela investigação, informou ao GP1 que os corpos dos animais já foram recolhidos e, estão em uma câmara frigorífica no Gerência de Zoonoses da Capital.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente abriu inquérito na tarde desta quarta-feira (06), para investigar a morte de dois cachorros, que ocorreram durante uma perseguição policial no bairro Matinha, zona norte de Teresina.

A delegada Edenilza Viana, responsável pela investigação, informou ao GP1 que os corpos dos animais já foram recolhidos e, estão em uma câmara frigorífica no Gerência de Zoonoses da Capital. Segundo ela, o proprietário dos animais não registrou Boletim de Ocorrência, por isso, foi tomada a decisão de agir por ofício, que é quando uma investigação é aberta pela polícia sem uma denúncia formal.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Entrega da viatura da Delegacia de proteção ao Meio Ambiente Viatura da Delegacia de proteção ao Meio Ambiente

“Os corpos dos cachorros serão periciados, para que seja detectada a verdadeira causa da morte deles. Sendo encontrado algum resquício balístico, ou o próprio projétil dentro dos animais, esse material será encaminho para a equipe técnica responsável pela perícia da Polícia Civil”, informou a delegada.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a investigação não tem um prazo para ser finalizada, já que envolve questões técnicas como a realização de perícia. Quando esse procedimento não é necessário, o processo inicial dura aproximadamente 30 dias.

NOTÍCIA RELACIONADA

Suspeito é preso com colete da PM após invadir casa na Matinha