Política

Deolindo Moura defende que PT reforce suas bandeiras de luta

O aniversário da sigla foi comemorado em evento na Fundição Progressos, no Rio de Janeiro, no último sábado (8).

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O vereador Deolindo Moura (PT) avaliou como satisfatória a trajetória do PT durante seus 40 anos de existência. O aniversário da sigla foi comemorado em evento na Fundição Progressos, no Rio de Janeiro, no último sábado (8).

“Faço uma avaliação positiva, o partido tem um legado de vitórias na política, bem como um legado de um trabalho social com um grande líder, o nosso presidente Lula”, afirmou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deolindo MouraDeolindo Moura

O petista defendeu que a sigla 'reoxigene' as bandeiras de luta. “O que acho mais importante é que o partido possa reoxigenar as bandeiras de lutas em áreas inclusive de atuação junto a essa sociedade, que mudou junto com o Partido dos Trabalhadores e que mudou para melhor, com certeza”, afirmou.

Deolindo avaliou ainda que na sigla, assim como em outras esferas sociais, há problemas, mas destacou que o PT possui mais gente boa que ruim. “A gente sabe que todos os lugares na vida, desde a família da gente, até os locais que a gente frequenta, tem gente boa e tem gente ruim. E nesse sentido acho que dentro do partido, assim como na família e nesses locais, as pessoas boas são maioria", continuou.

Autocrítica

Durante o evento no Rio de Janeiro, o ex-presidente Lula voltou a reclamar dos pedidos para que o PT faça uma ‘autocrítica’. “A moda é pedir para o PT fazer autocrítica. A pessoa que quer que eu faça autocrítica é porque não tem crítica a fazer a mim. Eu nunca vi ninguém perguntar à direita desse país, que governa há 500 anos, se eles vão fazer autocrítica alguma vez na vida”, disse Lula.

Mais conteúdo sobre: