Teresina - PI

DHPP identifica acusado de matar vigia durante assalto em Teresina

Segundo o delegado Barêtta, testemunhas presenciaram o crime e relataram que a vítima chegou a travar luta corporal com o bandido, que foi ferido em um dos braços.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O delegado Francisco Costa, o “Barêtta”, afirmou durante entrevista ao GP1 que os investigadores do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP – já identificaram o homem suspeito de assassinar o vigia Francisco Alves de Carvalho por volta de 5h45 desta terça-feira com um tiro no peito no bairro Parque Alvorada, zona norte de Teresina.

Segundo o delegado, testemunhas presenciaram o crime e relataram que a vítima chegou a travar luta corporal com o bandido, que foi ferido levemente em um dos braços com um golpe de facão que o vigia portava, logo depois de ter deixado seu local de trabalho.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppDHPP esteve no local da morte do vigiaDHPP esteve no local da morte do vigia

“Há testemunhas que ouviram o grito quando o indivíduo disse: ‘passa a bicicleta, passa a bicicleta’ e houve uma reação da vítima que estava armada com um facão, seu instrumento de trabalho. E pela informação que nós temos o bandido foi golpeado no braço levemente. Nós já temos o nome do suspeito e os policiais estão trabalhando, diligenciando, no sentido de prendê-lo ainda em flagrante delito, mas se a gente não conseguir vamos representar pela prisão preventiva”, explicou o delegado Barêtta.

  • Foto: Alef Leão/GP1BarêttaBarêtta

Ainda de acordo o delegado, após a realização da autópsia será possível identificar o projétil da arma usada pelo suspeito, que ainda não foi localizada pelos investigadores. “O indivíduo estava com a arma de fogo e efetuou um único disparo no tórax do lado direito. A gente pode presumir que houve uma reação da vítima, que estava saindo do local de trabalho e foi abordada pelo indivíduo, que é bastante conhecido na região e com várias passagens pela polícia”, acrescentou.

Entenda o caso

Um vigia de 56 anos, identificado como Francisco Alves do Carvalho, foi assassinado com um tiro no peito nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (28), após reagir a um assalto no bairro Parque Alvorada, zona norte de Teresina.

De acordo com informações do capitão Miranda, CPU do 9º Batalhão da Polícia Militar, Francisco estava voltando do trabalho, quando aconteceu o crime. "O senhor trabalhava como vigia e estava retornando para casa quando foi abordado por dois criminosos na Rua Pedro Brito. Ele estava em posse de um facão, teria reagido ao assalto e travado uma luta corporal com um dos bandidos. Foi então que um deles efetuou um disparo de arma de fogo contra a vítima", relatou o capitão.

A Polícia Militar isolou o local do crime até a chegada do Instituto de Medicina Legal (IML) e da perícia criminal. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai ficar responsável pela investigação do caso.

NOTÍCIA RELACIONADA

Vigia reage a assalto e é morto com tiro no peito em Teresina

Mais conteúdo sobre: