Cabeceiras do Piauí - PI

Ex-funcionário dos Correios é condenado a 3 anos de cadeia no Piauí

A sentença do juiz Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí, foi dada na última quarta-feira, dia 29 de novembro.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

O juiz Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí, condenou a 03 anos de cadeia o ex-funcionário dos Correios, Henrique Rodrigues de Castro, acusado de peculato pelo Ministério Público Federal. A sentença foi dada na última quarta-feira, dia 29 de novembro.

O juiz substituiu a pena privativa de liberdade por duas restritivas de direito: a prestação pecuniária em R$ 937,00 a ser paga a entidade assistencial e a prestação de serviço à comunidade ou a entidades públicas no mesmo tempo da pena privativa de liberdade a ser indicada quando da audiência admonitória.

Segundo a denúncia, Henrique se apropriou, por meio de empréstimos on-line, de valores de clientes do Banco Postal (Bradesco), sacados das contas por estes titularizados nas agências dos Correios de Cabeceiras do Piauí, Assunção do Piauí, Nossa Senhora dos Remédios e Joaquim Pires, entre maio de 2007 e janeiro de 2008, quando substituiu os legítimos funcionários destas agências, que estavam em gozo de férias regulamentares, vindo a causar um prejuízo financeiro no importe de R$ 27.003,69.

Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região.