Esperantina - PI

Ex-prefeito Lourival Bezerra é preso por furto de energia elétrica

A prisão ocorreu durante inspeção de rotina promovida pela Cepisa em duas unidades consumidoras situadas na Fazenda Barra dos Porcos, sede da Fábrica de “Sabão Retiro”, de propriedade do ex-prefeito.

Raisa Brito
Teresina
- atualizado
O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu em flagrante às 10h da manhã de hoje (20), o ex-prefeito de Esperantina, Lourival Bezerra Freitas, acusado de furto de energia elétrica, crime tipificado no art.155, parágrafo terceiro, do Código Penal.

A prisão ocorreu durante inspeção de rotina promovida pela Cepisa e Consórcio Norte (prestadora de serviços) em duas unidades consumidoras situadas na Fazenda Barra dos Porcos, sede da Fábrica de “Sabão Retiro”, de propriedade do ex-prefeito, em razão da redução no consumo de energia elétrica verificado nos últimos meses.

  • Foto: FacebookLourival Bezerra FreitasLourival Bezerra Freitas

Durante a inspeção, os técnicos da empresa detectaram irregularidades nos dois medidores de energia elétrica. Diante da constatação foi realizada perícia técnica por uma equipe do Instituto de Criminalística do Piaui.

Segundo laudo pericial provisório emitido pelo perito José Luiz de Sousa Porto, foi constatado a existência de medição trifásica onde foi observado que apenas duas das fases registravam consumo, enquanto a terceira fase estava isolada, sem registro de consumo, ou seja, apenas 2/3 do consumo estava sendo registrado, caracterizando furto de energia em ambos os medidores.

Por conta dos fatos, o delegado de polícia Gustavo Cardoso Jung Batista deu voz de prisão ao ex-prefeito, que foi conduzido e apresentado a autoridade policial na Delegacia de Esperantina.

O delegado arbitrou fiança de R$ 10.000,00 (dez mil reais) considerando a condição econômica do ex-prefeito e o proveito oriundo da fraude constatada em perícia.

Após o pagamento da fiança Lourival Bezerra Freitas foi posto em liberdade por determinação do delegado Gustavo Jung que expediu o alvará de soltura.

Lourival Bezerra Freitas vai responder a ação em liberdade e caso seja condenado poderá pegar de um a quatro de reclusão, e multa.

Veja abaixo alvará de soltura

  • Foto: Divulgação/GrecoAlvará de solturaAlvará de soltura

Confira abaixo nota de culpa

  • Foto: Divulgação/GrecoNota de culpaNota de culpa